Desenvolvimento e sustentabilidade – Parte 3



Artigo escrito por:


Instituto Eckart - já publicou 6 artigo(s) no blog Responsabilidade Social Empresarial.



A cooperação

Nos últimos artigos tratamos sobre REDES, sublinhando que este é um sistema que todas as espécies buscam naturalmente para promoverem seu desenvolvimento, em seguida aconselhamos que estas REDES fossem feitas por conexão, de forma que você encontre nelas identidade, pensamentos afins, objetivos semelhantes e mesmo as diversidades encontradas nestes grupos, que sejam oportunidades e são, de vencer as suas adversidades. Agora para encerrar o tema Desenvolvimento e Sustentabilidade, para nós é muito claro que existe um sentimento muito forte que tem que ser depositado e é para ontem: COOPERAÇÃO.

O prefixo CO – significa em conjunto. Já Operação significa ação, atuação. Desta forma COOPERAÇÃO é uma ação em conjunto. Isso é tão importante para levarmos a cabo um Desenvolvimento com Sustentabilidade que as crianças lá na primeira série deviam ter em seu currículo escolar. As universidades, as faculdades, os MBAs? Minha nossa senhora, a disciplina deveria ser obrigatória.  Veja que não estamos falando de um conhecimento passando por outros, mas necessitaríamos e necessitamos incluir em nossos saberes uma aprendizagem formal da prática de COOPERAR.

É uma briga fazer com que alunos façam trabalhos em conjunto, lutamos e lutamos para que equipes tenham sinergia, nos descabelamos para que gestores exerçam uma liderança educativa, mais e mais a sociedade pede uma atitude de responsabilidade social das empresas em todas as suas estâncias. Queremos como empreendedores, empresários e profissionais, que metas e indicadores almejados, eles sejam alcançados. Já os clientes e nós também como clientes, além de produtos com excelência em qualidade, cobiçamos um atendimento com excelência em qualidade no que diz respeito ao apoio, a confiança, ao carinho, a atenção. Queremos salvar o planeta sem começar salvando o dia-a-dia, o que acontece corriqueiramente, o habitual, a rotina. Sem cooperação nada disso pode acontecer. Estamos realmente caminhando para o fim de um mundo para entrar em outro. Um mundo que temos que ter ações em conjunto.

Sabe aquela brincadeira de cabo de força, é isso que tem acontecido com a gente, só que no nosso caso tem sido muito sério. De saída temos que parar, abolir, tirar de nossa visão empresarial a expressão “se tornar mais competitivo”. Nós temos que trocá-la “para ser mais cooperativo”. Em busca de mais competitividade mercadológica grande parte da produção mundial está indo para China. As indústrias de material esportivo, por exemplo, podiam estar tomando ações em conjunto, mas na ânsia de uma ser mais competitiva que a outra, estimulam o monopólio de produção que se tornou a China e que não tem nenhuma responsabilidade social com trabalhadores e muito menos com o planeta.

O chamado para uma Era Cooperativista é pra todos e principalmente para Padres, Pastores, Monges, Babalorixás, Xamãs, Rabinos, Lamas, enfim, homens e mulheres que promovem o bem. Abandonem seus mundos divinos e venham para o mundo dos mortais. A cooperação é uma reza coletiva, uma oração desafiadora, uma iluminação para produzir no coração de quem produz. Ninguém vai para o céu, paraíso, ou sei lá o que, porque é cooperativista. Quem é cooperativista tem a crença, bota fé, inflama-se que é aqui e neste agora que devemos construir um céu, um paraíso, ou sei lá o que, para que todos desfrutem desse mundo com mais abundância, felicidade e amor. Um desenvolvimento com sustentabilidade.

E como gosto de rogar praga, que contamine a todos esta pandemia!





Nenhum comentário ainda... Seja o primeiro a deixar uma resposta!

Deixe uma Resposta

Você deve estar logado para fazer um comentário.

Faça seu cadastro na Rede O Gerente. O processo é rápido e gratuito .

Google Analytics Alternative