Consultoria Sistêmica



Artigo escrito por:


- já publicou 160 artigo(s) no blog Recursos Humanos.


Os artigos publicados pelo Administrador são de autores não cadastrados na Rede O Gerente. Veja no final do artigo os dados do autor.

Todos nós pertencemos a diversos sistemas através dos vínculos que estabelecemos, e muitos desses sistemas se entrelaçam, pois pertencemos a diversos ao mesmo tempo: sistemas familiares, profissionais, empresariais, sindicais, religiosos, políticos, entre nações, só para citar alguns.

Se algo acontece a um dos membros do sistema todos os demais membros são afetados, seja esse efeito consciente ou não. Esses efeitos, em diferentes níveis, muitas vezes nos “amarram”, dificultam e conflitam, sem que saibamos exatamente o QUE e POR QUE ocorrem.

A visão sistêmica foca os aspectos das relações que estão presentes a nível inconsciente e entrelaçam nossas vidas profundamente, afetando nosso modo de sentir, fazer escolhas, saúde, prosperidade, relacionamentos pessoais e empresariais, etc..

É como uma grande teia de aranha: se tocamos uma pequena parte dela, toda a teia vibra, é afetada, modificada, fazendo fluir as “informações” em todas as direções.

As Constelações Sistêmicas (ou Dinâmicas Sistêmicas) tiveram início na Alemanha, focando inicialmente o complexo sistema familiar, buscando soluções mais pessoais. A partir daí expandiu para outros sistemas: empresas e organizações, equipes, profissionais e mesmo nações traumatizadas pelas guerras, como a Alemanha.

A Consultoria Sistêmica opera dentro dessa visão sistêmica, levando em conta o Sistema onde as ações e relações ocorrem, e utiliza Coaching Sistêmico e Constelações Sistêmicas como instrumentos.

CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS ORGANIZACIONAIS

As Constelações Organizacionais buscam obter informações relevantes e diagnósticas sobre um sistema corporativo, e revelam a dimensão invisível das organizações. Podem ser feitas com empresas de qualquer tamanho, incluindo as familiares.

As questões podem ser amplas: definição de lugar e papel dentro de um sistema organizacional, ou subsídio para tomada de decisões, ou informação sobre estruturas e relações, conflitos de hierarquia, entre outros, podendo ainda ajudar na solução de diversas questões causadas por colaboradores afastados ou excluídos, incluindo importantes aspectos envolvendo clientes, fornecedores e, principalmente, os fundadores.

Devem ser efetuadas com quem detém poder decisório e, preferencialmente, os representantes dessas Constelações não devem pertencer à empresa em questão. Não sendo possível contarmos com pessoas externas, usamos a metodologia de constelações ocultas, onde os representantes não sabem quem ou o que representam, apenas o dirigente da empresa.

Antes de iniciar qualquer tipo de Constelação expomos, em linhas gerais, o que se espera de um representante e sua importância na dinâmica.

CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS PESSOAIS (e familiares)

As Constelações Familiares nos ajudam a descobrir como estamos enredados dentro de um sistema energético familiar, e como muitos sentimentos e questões que nos envolvem são inconscientemente adotados de outros membros da família. Ao “construirmos” nossa “Constelação” percebemos a teia invisível que nos entrelaça, vemos aquilo que os olhos não vêem.

Podemos, então, perceber que todos os membros de uma família, vivos ou mortos, estão energeticamente presentes e envolvidos nessa estrutura, influenciando profundamente todos os aspectos de nossa vida: finanças, relacionamentos, emoções, saúde…

O trabalho foca principalmente a reconciliação e inclusão, olhando para as partes “esquecidas” ou “ignoradas” e dissolvendo enredos antigos, liberando a energia antes bloqueada dentro de nós para uma vida harmoniosa, livre e amorosa. Questões profissionais e relativas à saúde também podem ser trabalhadas.

Mesmo participando do processo de outros, como representante, ou apenas assistindo, você também pode experienciar “soluções” do seu próprio sistema familiar.

INDIVIDUALMENTE:
O trabalho é feito com figuras (blocos de madeira) que podem representar pessoas, emoções ou aspectos de uma situação, de uma forma concreta, sobre uma mesa. Ou ainda constelação na imaginação, quando o processo ocorre diante do olho interno do cliente.

ATENDIMENTOS: geralmente se dão nas 3 categorias abaixo:
A) Organizações, como Consultoria.
B) Grupos para desenvolvimento pessoal ou profissional.
C) Individualmente, para questões profissionais e pessoais.

Autora: Lucy Cintra, Consultora Sistêmica, Coach, Terapeuta Transpessoal
Website: http://www.lucycintra.com.br





2 Respostas para “Consultoria Sistêmica”

  1. sayurimatsuo 18/07/2013 às 15:50

    visão sistêmica sempre foi um termo muito confuso pra mim, obrigada pela ajuda.

Trackbacks/Pingbacks

  1. rewfarasfvmsdr - 11/10/2011

    Websites worth visiting…

    I enjoyed reading your article, many thanks….

Deixe uma Resposta

Você deve estar logado para fazer um comentário.

Faça seu cadastro na Rede O Gerente. O processo é rápido e gratuito .

Google Analytics Alternative