Os comportamentos que o líder deve perseguir



Artigo escrito por:


Evaldo Costa - já publicou 17 artigo(s) no blog Recursos Humanos.



comportamentos-do-liderO que é liderança? Quais são os melhores comportamentos que o líder vencedor deve adotar? Naturalmente, há rica literatura sobre liderança no mercado. O propósito deste artigo não é apresentar nenhuma teoria nova, mas sim alertar para a possibilidade de fazer bom uso do conhecimento disponível para alcançar o sucesso desejado.

James C. Hunter, autor de alguns livros, entre o quais se destaca “O Monge e o Executivo”, diz que “liderar é antes de tudo servir. É a habilidade de inspirar as pessoas a agir”. E ressalta que ninguém exerceu a liderança melhor do que Jesus Cristo, que serviu o próximo como nenhuma outra pessoa.

E acrescentou que se a característica de servir funcionou na Igreja, então poderá funcionar igualmente no mundo dos negócios. Então, o líder vencedor segundo ele, deve ajudar as pessoas da equipe a ser o melhor que elas podem ser. E concluiu: “Se você dá a seu time o que ele precisa, ele também lhe dará o que você precisa”.

Peter Druker considera que “O líder do passado era uma pessoa que sabia dizer. O líder do futuro é uma pessoa que sabe perguntar”. Um outro autor consagrado no tema é Ken Blanchard que explora o assunto em seu livro “Trust Works!: Four Keys to Building Lasting Relationships”. Nele, o autor revela que há duas maneiras pelas quais os líderes normalmente quebraram a confiança com os liderados.

O primeiro é dramático, pois ocorre quando o líder trai a confiança, se isola em suas decisões ou tem desvio moral ou ético. Este tipo de violação geralmente acaba vindo a público e com enorme potencial de fugir ao controle e criar danos gigantescos e de difícil reparação.

O segundo é mais comum, acontece lentamente e, normalmente, é óbvio para os outros, mas desconhecido para o líder. Um padrão de comportamento, muitas vezes bem intencionadas, mina a credibilidade entre líder e liderado. Este tipo de quebra de confiança pode ser corrigível, desde que identificada a tempo de tomar medidas adequadas e capaz de resgatar a situação.

Para evitar os dois tipos de riscos de quebra de confiança com os liderados, Ken Blanchard no livro Trust Works!: Four Keys to Building Lasting Relationships, em que é coautor, recomenda ao líder avaliar o seu comportamento constantemente em quarto áreas-chave:

  • Capacidade – demonstração de competência e habilidades
  • Integridade – agir com integridade
  • Conectado – preocupar-se com o próximo
  • Confiável – manter a confiabilidade em alta

Segundo Blanchard, os líderes que são percebidos como não confiáveis, normalmente têm um comportamento minando em uma dessas quatro áreas, daí elas serem prioridade. Nos próximos artigos vou explorar cada um dos tópicos acima a fim de facilitar a vida de quem se interessa pelo tema.





Nenhum comentário ainda... Seja o primeiro a deixar uma resposta!

Deixe uma Resposta

Você deve estar logado para fazer um comentário.

Faça seu cadastro na Rede O Gerente. O processo é rápido e gratuito .

Google Analytics Alternative